“Tudo num só lugar” é uma frase muito recorrente no varejo, não é verdade? Ela traz a ideia de que o estabelecimento tem um conjunto de produtos e serviços que podem resolver várias demandas do cliente sem que ele tenha que se deslocar a diferentes lugares. É um argumento poderoso que, não raro, acaba atraindo novos consumidores para aquele local. E essa regra de soluções complementares deveria ser seguida por outros setores da economia, até porque, em muitos casos, é sinônimo de segurança no serviço oferecido.

Uma dos setores que poderiam aplicar essa máxima é o financeiro. Ainda que existam empresas, como os bancos, que usam desses artifícios para manter suas operações funcionando, é necessário que essa atitude seja muito mais que uma estratégia gerencial (como forma de lucrar mais) ou um chamariz publicitário. Oferecer soluções complementares deve ser, antes de mais nada, uma forma de colocar o cliente em primeiro lugar e trabalhar para satisfazer as necessidades dele.

Soluções complementares além do argumento de marketing

Já que estamos falando de soluções financeiras, vamos imaginar uma determinada indústria que precise de dinheiro para investir diante de um momento de sazonalidade, em que os custos aumentam, exigindo mais recursos no caixa.

Para evitar empréstimos, a opção encontrada foi a antecipação de recebíveis, que nada mais é do que transferir o crédito a prazo para uma outra empresa, recebendo à vista o valor que entraria no caixa a prazo. Logo, quem comprou esse crédito é que vai ter que ir atrás para recebê-lo.

A mesma lógica pode ser usada para a análise de crédito e risco. Se é de praxe investigar a capacidade financeira do cliente para fechar um acordo de antecipação de recebíveis, também existe, ali, todas as condições para realizar este mesmo serviço aos clientes.

Ou seja: confiar as suas necessidades a alguém que conhece os recursos, os caminhos e as possibilidades e conte com uma equipe capacitada e motivada a fazer isso traz muito mais segurança à eficácia da operação.

Investimentos também ficam mais seguros com soluções complementares

O FIDC — Fundo de Investimentos em Direitos Creditórios — é uma aplicação intimamente ligada à compra de recebíveis. Como vimos anteriormente, se a financeira tem capacidade técnica e operacional de garantir o recebimento desses títulos, os investimentos atrelados a eles estarão mais garantidos e passam a ser mais seguros.

Logicamente que a gestão desse fundo também faz toda a diferença, mas tudo começa por ter a certeza do recebimento desses valores. Afinal, sem eles, não é possível garantir a rentabilidade aos investidores.

Ainda sobre investimentos, além do FIDC, a securitização é outra aplicação associada aos recebíveis que conta com a uma segurança equivalente.

Por isso, ao optar pelo fornecedor para atender as necessidades da sua empresa, considere esta questão das soluções complementares. É a garantia que você precisa para ter muito mais tranquilidade em qualquer operação financeira a qual o seu negócio for recorrer.

Leave a Reply

Solicitar - Máquina móvel (C680)




    * Campos obrigatórios

    Solicitar - Máquina móvel (Link 2500)

    Solicitar - Máquina móvel (D150)




      * Campos obrigatórios

      Solicitar - TEF (PPC930)




        * Campos obrigatórios

        Solicitar - Link de pagamento

        Solicitar - ValoremPay




          * Campos obrigatórios

          Solicitar - Antecipação de recebíveis fornecedores

          Solicitar - Antecipação de recebíveis






            * Campos obrigatórios

            Solicitar - Investimentos






              * Campos obrigatórios

              Investir FIDC

              Investir em Debêntures