A equipe da Valorem recebeu com muita alegria, em agosto, o palestrante Alisson Julio, que ministrou um encontro com o tema “Motivação, resiliência e empregabilidade de pessoas com deficiência”. Foi um momento lindo, que proporcionou muitos aprendizados, além, é claro, de nos incentivar nas nossas Campanhas Solidárias.

Uma dessas iniciativas busca arrecadar tampinhas pet para reverter o valor à causa animal. A outra, que foi o tema da palestra do Alisson, consiste em arrecadar lacres de alumínio (aqueles de latinhas de refrigerante, por exemplo) para serem trocados por cadeiras de rodas a serem entregues a instituições beneficentes.

Na oportunidade, também debatemos questões além da solidariedade e das cadeiras de roda. Como Alisson é cadeirante, eles nos trouxe a experiência de vida dele, falando de acessibilidade, de empregabilidade de pessoas com deficiência, de preconceito e de inclusão social. 

Pessoas com deficiência e ONG Coleta Lacre

Tudo começou com a vontade de conhecermos melhor a dinâmica da troca de lacres por cadeiras de rodas. Então, agendamos uma reunião com o Rafael, idealizador da ONG Coleta Lacre, que tem o mesmo objetivo da nossa campanha. Rafael nos deu explicações e orientações, além de ter a brilhante ideia de chamarmos o Alisson (mobilizador da ONG) para fazer uma palestra na Valorem.

Alisson nos trouxe informações impressionantes sobre o mercado de trabalho para pessoas com deficiência. Contou a sua experiência de vida na escola, na sociedade, família e trabalho. Como convive com a AME (Amiotrofia Muscular Espinhal), a fala de Alisson foi ainda mais esclarecedora sobre outro assunto que ampliou os horizontes de todos os que participaram do evento.

Ele também ressaltou a importância da iniciativa de coleta de lacres. De acordo com Alisson, mais de 180 mil pessoas no Brasil precisam de uma cadeira de rodas. E os lacres de alumínio são uma ótima forma de resolver esse déficit. Isso porque, por ano, cada pessoa no país gera, aproximadamente 51 lacres, o que equivale a 10 bilhões anualmente. 

Para conseguir uma cadeira de rodas simples, são necessários 90 kg de lacres. Se todos os lacres utilizados no Brasil anualmente fossem trocados por cadeiras de rodas, seria possível conseguir aproximadamente 33.670 desses equipamentos para doação.

Sobre o Alisson

Além de palestrante e mobilizador da ONG Coleta Lacre, Alisson também é customer sucess da Mercos e costuma levar uma mensagem sobre inclusão de pessoas com deficiência nos meios social e corporativo. A vida dele já foi tema de um livro, “AME Sem Limites”, escrito pelo pai dele. O relato registra o diagnóstico dos médicos de que a criança não viveria mais do que dois anos por conta do prognóstico apresentado.

Entretanto, a família não se abateu, procurou recursos e garantiu que Alisson superasse as expectativas medicinais. Isso permitiu encontros interessantes na vida dele, como o que aconteceu com a colaboradora Elaine, que estudou com Alisson. Segundo ela, conhecê-lo na fase escolar foi fundamental para que ela desenvolvesse empatia e respeito e tivesse um senso de inclusão desde a infância.

Confira abaixo os registros desse momento especial aqui na nossa empresa!

Leave a Reply

Solicitar - Máquina móvel (C680)




    * Campos obrigatórios

    Solicitar - Máquina móvel (Link 2500)

    Solicitar - Máquina móvel (D150)




      * Campos obrigatórios

      Solicitar - TEF (PPC930)




        * Campos obrigatórios

        Solicitar - Link de pagamento

        Solicitar - ValoremPay




          * Campos obrigatórios

          Solicitar - Antecipação de recebíveis fornecedores

          Solicitar - Antecipação de recebíveis






            * Campos obrigatórios

            Solicitar - Investimentos






              * Campos obrigatórios

              Investir FIDC

              Investir em Debêntures