O ano vai chegando ao fim e, em muitos casos, é chegada a hora de renovação de contratos. Antes de conhecermos soluções efetivas para planejar a continuidade de um relacionamento comercial da melhor forma, vale adiantar que os cuidados que vamos apresentar para continuar trabalhando com quem já é cliente são os mesmos que você normalmente teria se fosse fechar um novo contrato.
Você deve estar perguntando: mas como assim? É correto tratar novos clientes da mesma maneira que os já ativos são tratados? Sim, você não leu errado. E acredite: essa lógica é tão importante para o seu negócio quanto para o seu cliente. 

Por que ter cuidado ao renovar contratos

Não é porque você cultivou um bom relacionamento comercial até aqui, sem percalços ou inadimplências, que essa situação vá se manter indefinidamente. Você sabe, são vários os fatores que impactam nas finanças de uma empresa e essas situações externas são específicas para cada área de negócio.
Imagine que um determinado cliente tenha um produto muito ligado ao câmbio e que uma cotação elevada prejudique suas finanças. Se a cotação estiver mais inflacionada no período da renovação de contratos do que há alguns meses, o contexto neste momento é diferente e você não tem como prever se esse cliente tomou as devidas precauções para evitar um problema grave nas contas.
Diante disso, tomar algumas precauções antes da renovação de contratos é essencial. Para sua empresa, pode ser uma defesa contra a inadimplência e contra o desgaste no relacionamento com o cliente. Para o cliente, a sua análise pode servir como um alerta para que ele ajuste alguns procedimentos para evitar que uma previsão negativa sobre o negócio dele se confirme.

Quais cuidados necessários na renovação de contratos

O primeiro item a ser observado são os próprios termos do contrato: o cliente está pedindo mais do que costumava pedir? Os prazos se mantiveram ou houve alguma alteração neste quesito? Entender as razões de qualquer mudança e a capacidade de ambas as partes cumprirem essas definições é essencial e um trabalho que precisa ser feito com antecedência. 
Como mencionamos acima, o contexto do setor em que o cliente atua também precisa ser analisado: como o mercado está se comportando? Quais são as previsões para o próximo exercício? Existem concorrentes novos? A demanda está igual, diminuiu ou cresceu?
Depois, é hora de olhar para o cliente especificamente: há algum registro de negativação ou pendência financeira? Existe alguma medida judicial (trabalhista, por exemplo) por falta de pagamentos? As entregas aos clientes dele estão acontecendo normalmente ou podem ser identificadas algumas falhas nesse trabalho?
Para auxiliar você a respeito do que vale ser observado nesse trabalho de investigação, nós temos um artigo com dicas do próprio Serasa a respeito dos cuidados necessários antes de fechar um novo contrato com seu cliente. Vale conferir!

Qual a solução para renovar contratos com segurança?

Manter a sua empresa em segurança pode parecer uma tarefa complexa, mas não é muito diferente de tantos outros cuidados que você tem nas suas decisões diárias. Na hora de investir, é sempre bom avaliar os riscos e rendimentos. Ao estruturar a expansão da empresa, é prudente considerar o contexto para não ter surpresas desagradáveis em um futuro breve.
Da mesma forma, fazer a renovação de contratos exige essa atenção maior. E uma solução capaz de auxiliar nesse trabalho é a análise de crédito e risco. Com ela, é possível fazer todo esse mapeamento das condições do cliente para que a hora de assinar os novos termos aconteça com mais tranquilidade.
E, claro, a sua empresa pode (e deve) recorrer a essa operação também antes de fechar novos contratos. Afinal, a prevenção aos riscos é uma iniciativa que não pode ser negligenciada jamais.
Esperamos que este artigo tenha sido esclarecedor e tenha ajudado você a se atentar quanto a relevância de pensar preventivamente as ações comerciais do seu negócio. 

Caso ainda tenha restado alguma dúvida sobre o que falamos aqui no artigo, fique à vontade para entrar em contato conosco! Você também pode deixar o seu comentário no espaço abaixo. E, por último, não deixe de compartilhar essas informações com os seus colegas!

Leave a Reply

Solicitar - Máquina móvel (C680)




    * Campos obrigatórios

    Solicitar - Máquina móvel (Link 2500)

    Solicitar - Máquina móvel (D150)




      * Campos obrigatórios

      Solicitar - TEF (PPC930)




        * Campos obrigatórios

        Solicitar - Link de pagamento

        Solicitar - ValoremPay




          * Campos obrigatórios

          Solicitar - Antecipação de recebíveis fornecedores

          Solicitar - Antecipação de recebíveis






            * Campos obrigatórios

            Solicitar - Investimentos






              * Campos obrigatórios

              Investir FIDC

              Investir em Debêntures