Se você tem uma empresa, seja ela de grande, seja de médio, seja de pequeno porte, certamente sabe a importância de realizar um gerenciamento financeiro eficaz. Esse processo algumas vezes pode exigir que o gestor recorra a alguma das modalidades de crédito existentes no mercado, a fim de solucionar dívidas, investir em algum produto ou serviço ou até mesmo evitar a estagnação do seu negócio.
Para encontrar a melhor opção, é necessário entender as características de cada uma das modalidades de crédito, as vantagens que cada uma delas oferece e, por fim, avaliar qual é a escolha mais adequada de acordo com suas necessidades. As possibilidades de crédito são inúmeras, assim como a forma de quitação de pagamento. Então, conheça algumas dessas alternativas!

Modalidades de crédito que atendem às empresas

São várias as modalidades de crédito existentes no mercado. Algumas são mais adequadas a projetos culturais, outras a pessoas físicas e outras, ainda, a pessoas jurídicas. Como nossa intenção é ajudar a sua empresa a buscar o melhor caminho para crescer, vamos nos concentrar nas oportunidades existentes para este último grupo.
A ideia é que você finalize o texto tendo a segurança de que vai tomar a melhor decisão para atender aos objetivos do seu negócio.

Empréstimo

Não apenas para organizar as finanças e utilizar como recurso para momentos críticos! O empréstimo costuma ser uma modalidade de crédito utilizada também para preparar a base de orçamento de um negócio.
Para solicitar essa modalidade de crédito, em alguns casos é preciso apresentar um plano de negócios. Este documento traçará um projeto de como o dinheiro será aplicado e apontará a proposta de crédito que você pretende utilizar. Algumas instituições disponibilizam em seus sites um modelo dessa proposta.
No entanto, em geral, é possível recorrer a empréstimos sem especificar o uso dos recursos. O indispensável apenas é oferecer uma boa garantia, afinal, se os riscos forem muito elevados, é possível que a transação não seja aprovada. De todo modo, um bom relacionamento com o banco permite alguma porta aberta para conseguir esse dinheiro.
É importante ressaltar que, com o cenário econômico brasileiro da metade da década de 2010 em diante, os juros para essa modalidade vêm se mostrando cada vez mais altos e esses empréstimo, consequentemente, têm se tornado mais caros.
É sempre possível negociar junto à instituição financeira, mas conseguir esse empréstimo com condições vantajosas dependerá muito da forma como você pretende apresentar a execução do plano de negócios e das garantias que forem apresentadas, como dissemos.
Com o dinheiro do empréstimo a empresa pode organizar as finanças, pagar dívidas, usar para melhorias estruturais, planejar manutenções de equipamentos, custear remanejamento de equipe (demissões ou promoções) ou mesmo utilizar um pouco de dinheiro para cada um desses fins.

Financiamento

Esta modalidade funciona como se fosse uma compra parcelada de um produto ou serviço. Nessa linha de crédito, é adicionada uma taxa de juros ao montante inicial, que irá variar conforme a duração desse financiamento.
A diferença do financiamento para o empréstimo está no fato de que o financiamento é um auxílio solicitado para que haja o pagamento de algum bem ou serviço. Não se trata, portanto, apenas de um valor que é emprestado sem nenhum objetivo específico. Dessa maneira, recorre-se a financiamentos quando a empresa quer comprar alguma máquina nova para a linha de produção, quando se pretende modernizar os equipamentos, aumentar o espaço físico, entre outras ações específicas.
A vantagem aqui é que a análise de crédito costuma ser rápida e o dinheiro pode chegar a você de forma mais facilitada também. Por outro lado, os juros costumam ser mais altos e as condições de pagamento não têm muita flexibilidade.
Para realizar um financiamento você poderá contar também com bancos estatais, como o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e a Empresa Brasileira de Inovação e Pesquisa (Finep), que oferecem condições específicas para empresas investirem em seus negócios. Essas fontes de financiamento costumam contar com algumas vantagens, têm mais condições oferecidas e juros mais baixos. Além disso, há um prazo maior de carência e amortização.

Antecipação de recebíveis

Essa é uma modalidade de crédito que está entre as mais vantajosas. A taxa de juros cobrada na antecipação de recebíveis costuma ser mais baixa que nas outras modalidades de crédito. Além disso, o acesso a esse tipo de recurso é bem simples e rápido, o que já facilita muito a vida do gestor.
Nessa modalidade, a instituição financeira antecipa à vista um recurso que seria pago somente depois de determinado prazo, cobrando um deságio por isso. Por isso, é uma escolha comum para quem necessita de capital de giro ou precisa realizar algum tipo de investimento com certa urgência.
Os valores antecipados se referem a cheques e duplicatas de vendas a prazo, portanto, é a antecipação de dinheiro futuro que a empresa receberá em dinheiro presente. Ao contrário do empréstimo, não é um recurso de uma instituição financeira, mas um valor que já pertence à sua empresa que, com esta operação, entra antes no caixa.
Assim, diferentemente do empréstimo e do financiamento, o seu negócio não fica comprometido com o pagamento de parcelas e juros que comprometem o orçamento ao longo de vários meses ou até anos. Também não é preciso apresentar qualquer plano de negócios, tornando a burocracia envolvida muito menos custosa.
Além disso, o tempo para acesso aos recursos costuma ser mais rápido do que nas outras modalidades de crédito, o que acaba contribuindo para resolver rapidamente o motivo que levou à procura pelo crédito. Para entender melhor, confira uma explicação detalhada no vídeo abaixo.
A antecipação de recebíveis, portanto, é uma saída rápida e fácil para ter dinheiro em mãos, preparar-se para épocas sazonais, ter a possibilidade de realizar um investimento, cobrir alguma dívida ou alguma despesa inesperada. Então, se quiser entender melhor essa alternativa e ver de que maneira ela pode ser mais benéfica para seus objetivos, fale com a gente aqui na Valorem!
Esperamos que o artigo tenha ajudado a solucionar a sua dúvida. Se algum aspecto tiver ficado pendente, deixe sua mensagem no espaço abaixo que nós vamos esclarecer para você. E não deixe de compartilhar este texto com os seus contatos!

Leave a Reply

Solicitar - Máquina móvel (C680)




    * Campos obrigatórios

    Solicitar - Máquina móvel (Link 2500)

    Solicitar - Máquina móvel (D150)




      * Campos obrigatórios

      Solicitar - TEF (PPC930)




        * Campos obrigatórios

        Solicitar - Link de pagamento

        Solicitar - ValoremPay




          * Campos obrigatórios

          Solicitar - Antecipação de recebíveis fornecedores

          Solicitar - Antecipação de recebíveis






            * Campos obrigatórios

            Solicitar - Investimentos






              * Campos obrigatórios

              Investir FIDC

              Investir em Debêntures