Como cobrar uma dívida? O que fazer com o cliente que deu calote na minha empresa? A qual instituição recorrer para negativá-lo? Essas são algumas questões que surgem quando um gestor está com problema de inadimplência. Mas, antes de verificá-las, é importante definir a maneira como se pretende lidar com este assunto. Inclusive porque essa decisão tem muito a ver com o posicionamento da sua empresa no mercado.

Já falamos aqui sobre como fazer a cobrança de inadimplentes de forma correta. Basicamente, o princípio de tudo é dialogar, informando que você está ciente da inadimplência e, depois disso, oferecendo condições para quitar a pendência. É uma atitude que encontra respaldo em um cuidado essencial no mundo dos negócios: manter os relacionamentos em alto nível é sempre benéfico.

Mesmo em situações extremas, como a necessidade de negativação ou até mesmo uma cobrança judicial, tudo deve ser feito sempre com muita resiliência, informando de maneira respeitosa o quê, quando e por que será tomada determinada atitude. Contudo, até chegar a este ponto, devem ser esgotadas todas as possibilidades de negociação.

A decisão de permanecer ou não em contato com clientes inadimplentes é inteiramente da sua empresa, é claro. E manter esse contato é um propósito que varia muito de acordo com o trabalho despendido para regularizar o impasse entre as partes. Mas, em geral, quando as tratativas evoluem bem e há disposição do devedor para o entendimento, vale a pena manter os laços.

Vale lembrar que o sucesso desse diálogo depende da forma como a sua empresa trata a questão. É a lei da ação e reação: se você chega com pedras, outras serão atiradas em resposta. Agora, se a abordagem for respeitosa e com o objetivo de compreender a situação e se colocar à disposição para encontrar o melhor caminho rumo a um acordo, certamente a recepção será mais favorável.

Saber como cobrar uma dívida tem tudo a ver com relacionamento

É por tudo isso que o trabalho de cobrança precisa ser feito por quem realmente entende do assunto. Deixar-se levar pelo calor do momento e pela irritação inevitável de se ver diante de uma falta de compromisso atrapalha na hora de pensar com racionalidade sobre o melhor caminho a se tomar.

É preciso considerar que, como já falamos aqui no blog, nem sempre a inadimplência é causada por má-fé. Sendo assim, vale a pena manter o relacionamento com grande parte dos clientes. Primeiramente porque só mantendo contato é que a sua empresa vai conseguir reaver os valores a que tem direito. Deixar de tratar com quem lhe deve e conduzir o assunto com visível descontentamento e falta de cordialidade só dificultará mais a situação.

Mas, para além da necessidade de receber pelo que vendeu, estar próximo desses devedores pode trazer uma oportunidade de fidelização. Quando o cliente perceber a forma como a sua empresa conduziu o assunto, vai verificar a seriedade do seu trabalho, o profissionalismo das suas equipes e a disposição em negociar. Como consequência, irá respeitar ainda mais a sua marca e, até por uma questão de reconhecimento, poderá ser mais zeloso com os compromissos firmados.

Sob o ponto de vista do mercado, o boca a boca pode funcionar positivamente a seu favor. Essa impressão positiva pós-cobrança pode ser levada adiante e outros contatos tendem a vir por meio de indicação. Numa situação contrária, uma condução impensada da cobrança é capaz de causar receio em relação à sua empresa e, assim, espantar novos negócios.

Portanto, dê a devida atenção a este processo: selecione uma equipe específica para atender a esses casos e tenha segurança de que os profissionais envolvidos saibam fazer a abordagem correta. Zele pelo relacionamento com o cliente, esforce-se para que ele possa voltar à ativa e estabeleça padrões que permitam fazer novos negócios, sempre prezando pela sua segurança financeira.

Esperamos que este artigo tenha sido esclarecedor. Caso você queira conhecer soluções financeiras capazes de auxiliar a sua empresa de modo efetivo, entre em contato com a Valorem! Estamos sempre à disposição para conversar com você!

Leave a Reply

Solicitar - Máquina móvel (C680)




    * Campos obrigatórios

    Solicitar - Máquina móvel (Link 2500)

    Solicitar - Máquina móvel (D150)




      * Campos obrigatórios

      Solicitar - TEF (PPC930)




        * Campos obrigatórios

        Solicitar - Link de pagamento

        Solicitar - ValoremPay




          * Campos obrigatórios

          Solicitar - Antecipação de recebíveis fornecedores

          Solicitar - Antecipação de recebíveis






            * Campos obrigatórios

            Solicitar - Investimentos






              * Campos obrigatórios

              Investir FIDC

              Investir em Debêntures